Blog de Fotografia

Não sei se alguém ainda assina o feed de atualizações deste blog que eu nunca atualizo, mas queria contar aos visitantes que, agora, vou ter um blog de fotografia. Venham conhecer em: anapaulafotografia.wordpress.com

Beijos carinhosos,
Ana.

Posted in Uncategorized | Leave a comment

4 pequenas metas (… antes de 2011)

Aderindo ao desafio da Elsie (4 Simple Goals), listo aqui algumas metas para enriquecer e tornar meu dia-a-dia mais feliz. Se alguém tiver a fim de participar, as diretrizes do desafio estão listadas abaixo (mais ou menos traduzidas, tá gente? Meu inglês não é lá essas coisas):

1. Escolha metas que tornarão sua vida mais fácil e feliz. Coisas que talvez você não viesse a fazer, mas que sejam fáceis de serem colocadas em prática.

2. Não deixe que os resultados determinem sua meta. Mas sim as ações que poderão levar a este resultado. Por exemplo: ao invés de dizer que sua meta é emagrecer 5 quilos, diga que vai comer frutas e legumes todos os dias. Sacou? Escolha como meta atitudes positivas, não o resultado final.

3. Escolha ações que você acredita que realmente tornarão sua vida mais rica se você colocá-las em prática. Podem ser ações diárias, semanais ou experiências únicas.

4. Escolha uma recompensa para cada meta atingida. Pode ser uma recompensa pequena ou grande.

5. Escreva sobre suas metas em seu blog: um post para cada meta atingida e um grande post quando todas elas estiverem cumpridas antes do ano novo! (Se alguém se animar a tocar o projeto, vou amar acompanhar, então deixem seus links aqui prá eu ver, beleza?). Deixem o link no blog da Elsie também.

Agora aqui vão minhas metas! Peguei um item, o primeiro, das minhas 101 coisas e o restante são hábitos que não pertencem ao projeto 101, mas quero muito adquirir. Vamos lá:

1. Fazer cadastro na biblioteca pública: eu adoro bibliotecas. A Melissa ama também. E, não pergunte, não sei como, desde que vim morar aqui em Vix, nunca visitei as bibliotecas públicas da cidade, com exceção da biblioteca da UFES, pesquisando coisas técnicas. Já tá mais do que na hora de fazer cadastro e usar a biblioteca. Pelo que vi na internet, vamos adorar a seção infanto-juvenil do acervo.

2. Tirar (e revelar) mais fotos do nosso dia-a-dia: mei-que-roubei este da Elsie. É que eu não quero me afastar do que realmente me motiva na fotografia, que é registrar os momentos da nossa vida. Ultimamente eu mal e mal tenho tirado foto de comida prá postar receita no blog. Não é prá isso que eu tenho uma câmera.

3. Fazer um fotolivro da festa de aniversário no Tapete Mágico: foi uma festa especial, em que comemoramos os 2 aninhos da Mariana e os 5 anos da Melissa. Única vez que minha mãe teve a oportunidade de comparecer num dos aniversários das nestas. Foi  TÃO divertido – pena que (ainda!) não tenho nenhuma recordação impressa deste dia.

4. Organizar e enfeitar a minha cozinha: se tem uma coisa em casa que me deixa sem ar,  sufocada mesmo, é a bagunça da cozinha. Ok, também piro com as outras bagunças, mas a da cozinha é a que realmente me tira do sério. E não estou falando de louça suja, não. Minha pia tá sempre limpa e brilhando. Me refiro aos clutters. Todo mundo vai enfiando as coisas em qualquer lugar. Uma reviria. Me diz se tralha por todo canto combina com o local que deveria ser o coração da casa?

Oh, yeah! Todas essas coisas vão trazer um brilho a mais prá minha vida. Definitivamente! Beijos e um ótimo fim de semana.

Posted in 101 coisas, 4 simple goals, desafios | 15 Comments

Apartment cats

Simplesmente amo essas bichanas. #meaw

Posted in fotografia, gato mia | 15 Comments

Festa infantil express – como planejar

Como tem bastante gente perguntando sobre a organização da festa da Melissa e eu ando enrolada para responder e-mails e comentários do blog, aqui vai um pequeno roteiro de como produzir uma festinha simples e bonita, com bastante traquilidade.

Duas semanas antes: defina o tema, o local, o dia e a hora da festa. Prepare o cardápio levando em consideração o número de convidados e a facilidade do preparo. Escolha as lembrancinhas, faça os convites e, se for o caso, anexe um mapa para facilitar a chegada.

4 dias antes: faça a lista dos materiais de decoração e de serviço necessários, tais como: toalha, copos, bandejas, guardanapos, enfeites. Prepare as lembrancinhas. Limpe a geladeira pensando no espaço extra que você vai precisar.

3 dias antes: leia atentamente as receitas escolhidas, calcule a quantidade de ingredientes de acordo com a previsão básica por convidado: 4 salgadinhos, 3 sanduíches, 4 a 5 docinhos, 100g de bolo, 400ml de refri. Para convidados adultos, se necessário, 1 garrafa de vinho para 3 pessoas e 1 garrafa de cerveja por pessoa.

Na véspera: coloque as bebidas para gelar e prepare as receitas que serão servidas geladas. Faça o bolo e mantenha-o na geladeira, sem a cobertura. Providencie o som, mesas e cadeiras. Uma mesa de apoio para as bebidas, talheres, copos e guardanapos é muito útil. E sacos de lixo para recolher materiais descartáveis – e recicláveis!

No dia da festa: Algumas horas antes de festa, peça para duas ou três pessoas encher os balões. Enquanto isso, arrume a mesa. Decore o bolo, recheie os sanduíches, finalize os pratos e encarregue alguém para tomar conta das crianças enquanto você toma um banho relaxante.

Durante a festa: arrume os pratos nos dois lados da mesa, de forma que todos tenham acesso aos petiscos, e cuide para que as travessas sejam prontamente substituídas. Dê especial atenção aos salgadinhos que devem ser servidos quentes e não deixe de recolher pratinhos, talheres, copos e garrafas que fatalmente serão largados em qualquer lugar.

Este é um cronograma que veio numa revista Nestlé e Você, que eu uso sempre. Uso tanto que não sei dizer aqui qual é a edição, pois a capa já se desprendeu. É antiga, de 2004 ou 2005.

Abaixo estão listadas algumas receitas que cumpunham o cardápio do aniversário da Mel:

Cupcake de chocolate: usei esta receita do blog da Dani, apenas diminuindo o tempo do forno, já que os bolinhos são pequenos.
Brigadeiro: receita básica com leite moça, duas colheres de chocolate em pó, do frade, duas colheres de margarina, levando ao fogo baixo até desprender do fundo da panela.
Docinho de amendoim: receita neste post aqui.
Sanduiches: pão integral e patê de sardinha. Pega uma lata de sardinha, escorre o óleo e amassa as sardinhas com um garfo. Mistura maionese e acrescenta azeitona picadinha. Fica muito gostoso.

É isso: um pouquinho de planejamento e stress praticamente zero. Espero ter abordado todas as perguntas que vocês fizeram🙂 Até a próxima!

Posted in festas | 14 Comments

Seis primaveras

Nunca me senti confortável prestando homenagens ou fazendo declarações de amor pela internet. Talvez por isso meus blogs sobre a maternidade nunca tenham vingado. Aquela coisa de babar a cada conquista do filho e dar aquela rasgadinha de seda básica não era prá mim. Tá certo, tá certo! Exageros à parte… vocês entenderam, rs. Só que hoje, dia em que Melissa completa 6 anos, não posso deixar de dizer o quanto sou feliz por tê-la em minha vida. Agradeço a Deus por ter me dado filha tão maravilhosa, compreensiva, paciente, divertida, criativa, gentil e saudável. Parabéns, filha!

Ganha um doce quem adivinhar o nome que Melissa deu prá essa ursinha, sua companheira há exatos 6 anos. Ela é a ursa de dormir e achei que seria bacana ela participar das fotos, o que acarretou num bom banho de máquina de lavar na chegada do parque, ahahaha! Totally worth it!

Vamos reunir umas amiguinhas da escola e do prédio hoje a tarde para brincar e comer bolo.  Memel está eufórica por causa da festinha, espero que as amiguinhas dela venham. Bom, vou lá assar o bolo que o dia vai ser longo. E feliz!

I can’t take my eyes off of you“. ♡ ♡ ♡

Posted in melissa | 32 Comments

#beijomeclica

Passando rapidamente neste blog poeirento prá dizer que — yay! — consegui substituir minha lente quebrada por uma nova! A 35mm fixa. Fazia tempo que eu queria essa objetiva e marido fez a gentileza de me dar de presente. De quebra, ajudou a riscar dois itens das minhas 101 coisas:

a. comprar ou ganhar lente Nikkor 35mm DX.
b. mandar minha D60 prá revisão (é que me empolguei com a lente nova e quis deixar a DSessentinha nos trinques!).

Logo haverão novas fotos por aqui🙂 E prá qualquer auto-didata que estiver de passagem e se interessar pelo assunto, fica a dica de conhecerem o blog da fotógrafa Huaíne Nunes para inspiração e aprendizado!

Até mais.

Posted in 101 coisas, fotografia | 13 Comments

Tangram

Dia desses, lá na Praça da Ciência, as meninas participaram de uma oficina de Tangram, um jogo Chinês antigo. Consiste em dividir um quadrado de papel em sete partes: um quadrado, um paralelogramo e cinco triângulos isósceles (dois grandes, um médio e dois pequenos), conforme o gráfico ao lado.

A regra do jogo é simples: você precisa utilizar todas as peças, sem sobrepô-las para reproduzir figuras previamente estabelecidas. Um quebra-cabeça bem divertido, mas não tão fácil como parece!

A ilustração abaixo mostra alguns exemplos de formas que podem ser construídas utilizando o Tangram (o gatinho é o meu preferido). De acordo com este artigo que encontrei na internet,  com as 7 figuras geométricas do Tangram é possível montar mais de 1700 imagens. Algumas figuras são tão expressivas que parecem ter vida!

Também conseguimos representar um mesmo animal, por exemplo, em várias posições diferentes e, com isso, usar o Tangram para ilustrar histórias. Olha que legal!

O intuito da oficina, lá na Praça da Ciência, era apresentar as figuras geométricas para as crianças menores. Com as crianças maiores a matemática foi trabalhada desde a construção das peças (os desenhos das linhas e formas, a relação entre lados e ângulos, retas, etc…).

As gurias se apaixonaram, trouxeram o tangram delas prá casa, enfeitaram, penduraram no guarda-roupa. E eu achei um jogo infantil excelente, pois requer bastante imaginação e criatividade.

No fim desta semana as meninas ficarão sem aula e eu quero aproveitar prá fazer Tangram com elas.Vou tentar fotografar a atividade. Se vocês procurarem na internet, vão achar muitas figuras legais, também chamadas soluções, para montar com as 7 peças. Ajude seu filho a colar as pecinhas em uma folha e deixe ele enfeitar a vontade!

Posted in 101 coisas, vamos brincar? | 15 Comments

Ler para crescer: A Velhota Cambalhota

Outro livro especial da prateleira das meninas: A Velhota Cambalhota, de Sylvia Orthof – 1985. Recheado de versos e rimas, conta a história de uma velhinha mineira, toda arrumadinha, tradicional e, ao mesmo tempo, super fora dos padrões. Dona Cambalhota apronta várias confusões pelas ladeiras de Ouro Preto, revirando o direito pelo avesso e se divertindo muito com isso. É um livro engraçado, desses de dar gargalhadas mesmo, principalmente  (e não necessariamente) se o adulto é bom de improvisação teatral e encarna os personagens: uma velhinha que só anda dando cambalhota, vizinhos escandalizados, um padre de cabeça prá baixo, um trem que vem de cima e não consegue mais parar, o povo da praça Tiradentes (que prá fugir do trem, dá cambalhotas também), o poeta Dirceu, o anjo de uma igreja e, veja só, até São Pedro entra nesta maluquice toda.

– “Ó comadre Cambalhota,
tenha modos de velhinha,
acabei de ver a renda
da perna de uma calcinha”

O texto é bastante lúdico e irreverente, com tom humorado, cheio de trocadilhos e situações inusitadas e cômicas #recomendo. É o único livro da Sylvia que eu e as meninas conhecemos. Já pesquisei sobre a autora e não me surpreendi ao constatar que Sylvia Orthof é sinônimo de bom humor na literatura infantil brasileira, ao lado de nomes como Monteiro Lobato e Ziraldo, por exemplo.

Inclusive fiz até uma listinha de outros livros da Sylvia que quero comprar (ou ganhar, ou pegar na biblioteca, rs) e posso compartilhar com vocês:

– A viagem de um barquinho
– Fraca fracola, galinha d’angola
– Uxa, ora fada, ora bruxa
– O sapato que miava
– Bruzundanga da Silva
– A vaca Mimosa e a Mosca Zenilda
– Cadê a peruca do Mozart?

Alguém já leu algum? Para quem tiver interesse de ler um pouquinho mais sobre Sylvia Orthof, achei este artigo muito bom! Espero que gostem.

Entrou por uma porta, saiu por outra e quem quiser que conte outra!

Up dates:

– Minha mãe vem prá Cidade do Sol passar uns dias com a gente. As gurias estão contando os minutos.
– É bem provável que o blog fique parado durante uns dois ou três meses. Ando precisando de disciplina e foco para estudar para umas provas.
– Blogarei neste meio tempo, porém com menos intensidade! #nãodesistamdemim #carentemodeon

PS: Não deixe de conferir a coluna ler para crescer original, lá no { Bibliophile }.

Posted in ler para crescer, livros | 13 Comments

Massinha de modelar caseira

Para fazer nas férias de julho ou mesmo em dias comuns! Segue a receita:

4 copos de farinha de trigo
2 copos de água fervente
1 copo de sal
1 colher (sopa) de óleo
1 pote de pedra hume
2 potes de anilina (sólida, de preferência)

Misture bem a farinha, o sal e o óleo. Dissolva a pedra hume na água fervente e adicione a anilina. Em seguida, misture as duas partes até obter uma massa homogênea. Para conservar a massinha por mais tempo basta guardar em saco plástico.

Forre o chão ou a mesa com papel cenário para facilitar a limpeza… e boa brincadeira!🙂

Posted in vamos brincar? | 22 Comments

47 coisas em não sei quantos dias

Em algum momento do ano passado, inspirada por Nanda, eu saí escrevendo vários itens para uma lista de 101 coisas que eu queria concluir em 1001 dias. Escrevi, escrevi e empaquei no item 46. Passou uma semana e mais outra, e coloquei lá o item 47: terminar de escrever as minhas 101 coisas. (…) Ééé, é isso mesmo que você está pensando: tal item jamais foi concluído e o projeto ficou de lado.

É que um dos objetivos contidos nas “47 coisas” virou uma questão de honra meiqueobssessão, sabe? Depois de passar quase 5 anos afastada da universidade, consegui retorno e cravei lá o item número 1 da lista: me formar na facul. Taí uma coisa que eu riscaria com gosto, se encontrasse minha lista em algum lugar. [Aliás, licença!] Posso me dar esse gostinho aqui?

1. Me formar na facul.[depois de um ano de trancos e barrancos, enrolações no estágio, professor pegando no pé e uma vontade louca de desistir de vez: Engenheira. Em 13/3/2010]

Engenheira e 10 quilos mais magra. É que neste meio tempo também consegui alcançar minha meta de emagrecimento, outro item das 47 coisas. E somam-se à pequena listinha de itens cumpridos  (e que minha memória permite lembrar):

– ir na dermatologista e iniciar o uso de cremes anti-sinais,
– pintar as unhas nos finais de semana durante 1 mês e meio [hábito adquirido],
– arrumar a bicicleta da Melissa e levá-la para pedalar sempre que der [hábito adquirido],
– comprar o DVD da Branca de Neve prá mim.. err, prás meninas,
– adotar um bichinho de estimação [Um, não. Dois. Ou melhor, duas: Dinah e Ruth, as gatinhas mais fofas ever].

Legal, né? Pois é! Todo esse blá-blá-blá prá dizer que, embora tenha se passado apenas 1/3 do tempo para que o prazo de 1001 dias se esgote, eu tô a fim de fazer uma nova lista. Pode? Formatura, dieta e felinas já valeram as 47 coisas. I really mean it! Além do mais, não lembro da maioria das coisas que coloquei na lista original #derrota Então, já sabem… qualquer dia eu venho com “uma lista nova, de novo”. E prá levar a sério dessa vez.

Se tem alguém aí que quer conhecer mais do projeto 101 em 1001, tá aqui o link!

PS. Esse post tá a cara do 52, err… 16 semanas e minha predisposição de largar as coisas pela metade #oldchristinefeelings

Posted in 101 coisas | 22 Comments